Indústrias do Sudeste e Nordeste estão mais pessimistas com a economia brasileira

Executivos de indústrias do Sudeste e do Nordeste estão mais pessimistas com as possibilidades de recuperação da economia brasileira do que os de outras regiões, segundo levantamento da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e do Instituto FSB Pesquisa com 509 empresas.

No Norte, no Centro-Oeste e no Sul, 51% dos entrevistados preveem expansão nos próximos três meses. O otimismo é menor no Sudeste (33%) e no Nordeste (32%). As expectativas para o próximo ano são positivas para 50% no Sudeste e no Nordeste. Há mais otimistas no Sul (65%), no Norte (62%) e no Centro-Oeste (62%).

FOLHA DE S. PAULO