50% dos empresários defendem fim do isolamento, diz Datafolha

Enquanto cresce o apoio da população às restrições de comércio e serviços na pandemia, entre empresários, 50% defendem acabar com o isolamento das pessoas em casa para estimular a economia e impedir o desemprego, mesmo que isso ajude a espalhar o vírus, segundo a pesquisa Datafolha de 15 e 16 de março. Para 31%, é melhor deixar as pessoas em casa para impedir que o vírus se espalhe, mesmo que prejudique a economia e gere desemprego. ​

O governo Bolsonaro tem aprovação de 55% dos empresários, segundo a pesquisa, que tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Os que consideram a gestão regular são 25%, e os que avaliam como ruim ou péssimo, 16%. O presidente segue combatendo as restrições adotadas por prefeitos e governadores para tentar frear a doença.

FOLHA DE S. PAULO