Inadimplência nos condomínios de SP fecha 2020 no menor nível em 16 anos

Em meio à pandemia, o índice de inadimplência no pagamento da cota condominial fechou o ano de 2020 em 2,17%, o menor patamar registrado em toda a série histórica do levantamento, que começou a ser tabulado em janeiro de 2004. O indicador foi medido pela Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo (AABIC).

Passado negativo. O Índice Periódico de Mora e Inadimplência Condominial (IPEMIC) bateu recorde em abril de 2005, quando o porcentual chegou a 7,36%. A AABIC considera devedor inadimplente para o cálculo do IPEMIC os condôminos que atrasam o pagamento da cota condominial por 90 dias após a data do vencimento.

O ESTADO DE S PAULO