Governo vai ao STF contra desoneração depois que Congresso analisar veto do saneamento

O governo bateu martelo de que vai ao STF contra a derrubada do veto que prorrogou a desoneração da folha de pagamentos de 17 setores da economia até o fim de 2021. O Executivo só vai acionar a corte, porém, depois que o Congresso analisar o veto presidencial ao marco do saneamento básico, o que está previsto para o próximo dia 16.

O Palácio do Planalto quer a manutenção do ato de Bolsonaro pelos parlamentares e hoje a previsão é que isso ocorra. Integrantes da articulação política temem contaminar o ambiente e prejudicar essa votação caso a União vá antes à Justiça contra a decisão do Legislativo sobre a desoneração. Por isso a decisão de esperar um pouco mais.

FOLHA DE S. PAULO