Empresas que atuam de madrugada aguardam decreto de Doria

Empresas de transporte de carga e serviços de limpeza que atuam de madrugada passaram esta quinta-feira (25) em compasso de espera para analisar o decreto do governo Doria que deve restringir a circulação das 23h às 5h no estado a partir desta sexta (26).

A NTC, associação de transporte e logística, espera que o setor seja considerado essencial e liberado do bloqueio. Para a Abralimp, que representa prestadores de serviços de limpeza profissional, a previsão de manter o transporte público é importante para não prejudicar o deslocamento dos funcionários. Seria fundamental preservar o horário das 23h porque o turno, em geral, começa às 22h.

FOLHA DE S. PAULO