Empresas de portaria e limpeza adiam pagamento de hora extra de feriados antecipados

O Seac-SP (que reúne as empresas de limpeza e portaria de São Paulo) fechou acordo com o sindicato dos trabalhadores para continuar pagando os feriados nas datas originais em vez de seguir a remuneração de horas extras pelo novo calendário de antecipação determinado por prefeitos.

Além de Bruno Covas, na capital, os prefeitos das sete cidades do ABC paulista, decidiram antecipar feriados municipais para tentar reduzir o número de pessoas circulando nas ruas.

O setor foi um dos mais afetados pela mudança nas datas, porque os feriados acabaram todos concentrados, pressionando o custo da folha de pagamentos para o mês, segundo o Seac.

Se algum funcionário trabalhar agora, mas tiver rescisão do contrato antes do fim dos feriados originais, a diferença será paga na homologação.

​O Sindusfarma, da indústria farmacêutica, também negociou acordo semelhante.

FOLHA DE S. PAULO