worker, industry, industrial-4395770.jpg

Produção industrial cresce em 11 de 15 locais pesquisados em maio

Maiores altas foram registradas em Amazonas (6,6%), Mato Grosso (4,6%) e Paraná (3,5%).

Por g1

A alta de 0,3% na produção industrial em maio foi resultado da alta do setor em 11 dos 15 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), segundo dados divulgados nesta sexta-feira (8).

Amazonas (6,6%), Mato Grosso (4,6%) e Paraná (3,5%) tiveram as maiores altas, com o primeiro local intensificando o resultado positivo observado em abril (0,1%); o segundo quase zerando a queda de 4,7% verificada no mês anterior; e o último apresentando leve melhora em relação à queda de abril (4,1%).

“O Paraná é a maior influência positiva sobre o resultado nacional, após recuar 4,1% em abril. Com esse resultado, o estado consegue quase eliminar a perda no mês anterior. O setor de alimentos foi o que mais influenciou o resultado do Paraná, seguido de máquinas e equipamentos, outro setor bastante importante na indústria do estado” explica o analista da pesquisa, Bernardo Almeida.

Entre as maiores altas, também estiveram Ceará (3,2%), Goiás (3,2%), Espírito Santo (2,8%), Santa Catarina (1,6%) e Rio Grande do Sul (0,7%).

Na outra ponta, as maiores quedas foram registadas em Pará (-13,2%), Rio de Janeiro (-4,1%) e Pernambuco (-2,4%).

Acumulado do ano

No acumulado de 2022, a indústria nacional aponta queda de 2,6%, segundo o IBGE.

Nessa base, foram registrados recuos em 10 dos 15 locais pesquisados, com destaque para Pará (-11,9%), Santa Catarina (-6,6%) e Ceará (-6,2%).

https://g1.globo.com/economia/noticia/2022/07/08/producao-industrial-cresce-em-11-de-15-locais-pesquisados-em-maio.ghtml