O Sindeprestem tem um Compromisso com a Sua Empresa.

Últimas Notícias

shadow

O ESTADO DE S. PAULO

O dólar começou o dia em alta em relação ao real e voltou a bater seu recorde nominal (desconsiderando a inflação). A moeda americana chegou a ser cotada  em R$ 4,3830, com alta de 0,74%, nesta quinta-feira, 13. O dólar está forte também em relação a outras divisas emergentes ligadas a commodities, após investidores no exterior terem conduzido uma realização de ganhos mais cedo. Às 9h48, o dólar avançava 0,51%, sendo cotado a R$ 4,3740.

O avanço no mercado doméstico vem após a defesa do dólar valorizado feita pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, na quarta-feira. Ele disse que uma taxa de câmbio mais alta é “boa para todo mundo” e que o dólar mais barato estava prejudicando as exportações e permitindo que “todo mundo” pudesse ir para a Disneylândia.

“Não tem negócio de câmbio a R$ 1,80. Vou exportar menos, em função de importações, turismo, todo mundo indo pra Disneylândia. Empregada doméstica indo pra Disneylândia. Peraí”, comentou Guedes, durante fala em um evento.

Nesta quinta, os números da pesquisa de serviços divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) vieram melhores que a mediana em dezembro na comparação mensal (-0,4%), e os de 2019 em linha com a mediana (+1,0%). Por isso,  não devem provocar muitos ajustes em relação às apostas para política monetária, ficando em segundo plano, segundo um profissional de renda fixa.

Outras Notícias