Ministério do Trabalho estuda formalizar trabalhadores que já são contemplados pelo MEI

Ao menos duas das categorias na mira do recém-recriado Ministério do Trabalho e Previdência, que quer regulamentar relações de trabalho advindas do ambiente digital, já são contempladas pelo MEI (microempreendedor individual) —a de motoboys independentes e a de motoristas de aplicativos, que podem trabalhar como entregadores para empresas como o iFood.

COMEÇANDO
Como publicado pela Folha, técnicos da pasta estudam formalizar trabalhadores da economia digital que buscam renda flexível, como com aluguel de imóveis e serviços domésticos. Procurada, a pasta diz que não comenta propostas em estudo, “pois elas mudam com frequência”.

FOLHA DE S. PAULO