Doria abre operação contra empresas fantasma com R$ 800 mi em crédito falso de ICMS

A Secretaria da Fazenda do governo de São Paulo abre nesta terça-feira (29) a operação Forasteiro 2, de combate à sonegação de impostos por empresas fantasmas que acumulam mais de R$ 800 milhões em crédito falso de ICMS no estado, segundo o órgão.

A ação, que deve atingir 425 contribuintes, pretende recuperar uma parcela do imposto que deixou de ser recolhida desde 2017. Indústrias e comércios atacadistas, a maior parte dos setores de metais e plásticos, estão na mira.

A secretaria diz que uma das estratégias dessas empresas era criar um negócio com quadro societário e endereço falsos fora de SP. Depois, simulavam a transferência de crédito para reduzir o ICMS devido no estado.

Os alvos da ação vão receber um aviso da secretaria para estornar os créditos falsos no período de 30 dias e evitar a cobrança de multas.

FOLHA DE S. PAULO