Demanda por crédito tem alta recorde no primeiro semestre

A demanda por crédito registrou um salto nos primeiros seis meses deste ano, apontou o indicador da Serasa Experian que observa o apetite das empresas para a tomada de novos empréstimos. De janeiro a junho, houve aumento de 17,3% em relação aos seis meses de 2020, o maior patamar desde o início da série histórica, em 2008. O setor de serviços impulsionou o aumento, com expansão de 18,4%, enquanto o comércio cresceu 17,4% e as indústrias, 12,1%.

Dois cenários justificam essa alta, na avaliação do economista da Serasa Experian, Luiz Rabi. Muitos empreendedores ainda estão precisando fortalecer o fluxo de caixa de suas empresas e tomaram crédito usando o desconto de recebíveis. Uma outra parte da alta, na visão de Rabi, está ligada às linhas de crédito rurais, imobiliárias e de veículos tomadas por empresas mais estabilizadas para expandir o próprio negócio.

O ESTADO DE S. PAULO