Com restrições menos severas, comércio tem pequeno respiro em abril

O indicador que monitora o desempenho das vendas no varejo em todo Brasil da Boa Vista mostrou um pequeno respiro na atividade de um dos segmentos mais impactados pela mais recente restrição à circulação, por conta da pandemia. O Indicador Movimento do Comércio subiu 4,7% em abril frente a março.

Também houve desaceleração na retração do índice no acumulado em 12 meses até abril para 5%. Em 12 meses até março, a queda era de 7,7%.

A notícia boa é que, em relação a abril do ano passado, o indicador subiu 24,6%, mostrando que o impacto do isolamento no comércio foi menor do que no ano passado. A melhora do indicador daqui em diante dependerá da recuperação econômica, já que o desemprego ainda é alto e o auxílio emergencial está mais magro do que no ano passado.

O ESTADO DE S. PAULO