analysis, pay, business people-680572.jpg

A empresários espanhóis, Guedes diz que inflação no Brasil vai ser menor que nos EUA

Valor Econômico –

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou a empresários nesta quinta-feira (31) em Madrid, na Espanha, que a economia brasileira vai crescer “bem acima das expectativas” e que aposta que a inflação no país fechará abaixo daquela que os Estados Unidos deverão registrar em dezembro, segundo fonte que ouviu o ministro na capital espanhola.

Guedes não cravou uma cifra de alta do Produto Interno Bruto (PIB) para 2022, mas argumentou que estimativas variadas mencionavam queda de 9% em 2020 e o resultado foi contração de 3,8% e que em 2021 muitos não esperavam expansão da atividade e o resultado foi alta de 4,7%. Agora, o ministro prometeu que de novo o Brasil vai superar as expectativas.

Com relação à inflação, ele destacou que o Banco Central está usando sua artilharia e que sua aposta é de que a taxa será menor do que nos EUA. Em fevereiro, a inflação no Brasil chegou a 10,54% no acumulado em 12 meses, enquanto nos EUA foi de 7,9%, a maior taxa em muitos anos causada pela elevação dos preços de energia, alimentos e serviços.

O banco UBS projeta inflação de 8,8% no Brasil e de 5,8% nos EUA no fim do ano.

O ministro participou de seminário em Madrid que teve a participação do escritor Mario Vargas Llosa, organizada por uma associação focada no pensamento liberal. Ele se encontrou também com a ministra de Assuntos Econômicos da Espanha, Nadia Calvino. Nos encontros, Guedes reiterou que, em meio à guerra na Ucrânia e covid-19 na China, o Brasil pode ser um lugar seguro para investimentos.