• Pontaria Novo Governo
  • BOLETOS ON-LINE
  • coffee news mudou para melhor
  • sindeprestem 2018
  • CONTRIBUIÇÃO PATRONAL 2018

06/11/2019 | Comércio exterior americano tem queda; setor de serviços se recupera - Valor Econômico

O déficit comercial americano diminuiu em setembro, mas os EUA também exportaram e importaram menos nesse mês, sinalizando que desaceleração do crescimento global pode estar começando a afetar a demanda interna por bens de consumo. Por outro lado, o setor de serviços americano se recuperou em outubro, indicando que continua a resistir à fraqueza do setor industrial decorrente da guerra comercial com a China. 

O déficit comercial de bens e serviços dos EUA encolheu 4,7% em setembro em relação a agosto, para US$ 52,5 bilhões com ajuste sazonal, segundo o Departamento de Comércio. O déficit de bens com a China encolheu 3%, para US$ 28 bilhões. As importações americanas caíram 1,7% em setembro em relação a agosto, para US$ 258,4 bilhões. As exportações caíram 0,9%, para US$ 206 bilhões. A importação de bens de capital, como semicondutores, máquinas industriais e computadores, caiu 1,9%, para US$ 56,2 bilhões, refletindo a queda no investimento das empresas no terceiro trimestre.

Além disso, as compras de bens de consumo, como telefones celulares, brinquedos e roupas, caíram 4,4%, para US$ 54,7 bilhões, enquanto as importações de veículos e autopeças recuaram 3,4%, para US$ 30,9 bilhões. Os declínios nessas duas categorias de bens indicam uma desaceleração nos gastos de consumo - principal motor do crescimento econômico dos EUA. Outro relatório, do Instituto para Gestão de Oferta (ISM), mostrou que a atividade no setor de serviços cresceu para 54,7 em outubro, de 52,6 em setembro, que foi a menor leitura em três meses. Números acima de 50 indicam expansão. 

 

Fatos e Notícias

Home Logo01
Home Logo02
Home Logo03
Home Logo04
Catho
Up Plan Logo 02