• Pontaria Novo Governo
  • BOLETOS ON-LINE
  • coffee news mudou para melhor
  • sindeprestem 2018
  • CONTRIBUIÇÃO PATRONAL 2018

25/10/2019 | Fintechs veem espaço para expansão no Brasil - Valor Econômico

Fintechs com atuação no Brasil acreditam que há espaço para crescer fortemente, devido aos aprimoramentos da regulamentação do Banco Central e ao baixo custo de capital, a despeito da competição com os incumbentes e novos players que estão chegando ao mercado. “O BC tem feito um trabalho espetacular em suas regulamentações, que estão favorecendo a entrada de novos competidores e fazendo a indústria crescer de forma segura”, disse Augusto Lins, presidente da credenciadora de cartões Stone, em evento da revista “The Economist” realizado ontem em São Paulo. “E existe um cenário de queda de taxas de juros, em que o custo de capital baixou, movimento que tende a se perpetuar por um bom tempo.”

David Vélez, fundador do Nubank, afirmou que é possível ganhar robustez nos negócios com as regras que estão formuladas hoje no país. No entanto, se o regulador tirar algumas “barreiras”, esse processo de crescimento pode ser ainda mais acelerado. O executivo ressaltou o fato de o Brasil ter limitações de investimentos de estrangeiros, algo que está mudando recentemente. Vélez disse que as fintechs são um complemento ao sistema financeiro concentrado no Brasil e que elas brigam tanto por consumidores que já estão incluídos quanto por aqueles que nunca acessaram serviços financeiros. “A tecnologia abre essa janela de oportunidade para um mercado baseado em quem oferece o melhor produto ou serviço”, disse o executivo.

No caso do Nubank, ele afirmou que já foram emitidos 10 milhões de cartões de crédito - sendo 2,5 milhões para quem nunca teve um plástico antes - e já foram economizados R$ 2,5 bilhões em tarifas.

Fatos e Notícias

Home Logo01
Home Logo02
Home Logo03
Home Logo04
Catho
Up Plan Logo 02