• Pontaria Novo Governo
  • BOLETOS ON-LINE
  • coffee news mudou para melhor
  • sindeprestem 2018
  • CONTRIBUIÇÃO PATRONAL 2018

19/09/2019 | Funcionários da Embraer no Vale do Paraíba entram em estado de greve por reajuste salarial - Valor Econômico

Os trabalhadores da Embraer entraram ontem em estado de greve, de acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos. O sindicato informou que os trabalhadores reivindicam 6,37% de reajuste nos salários. Caso não haja avanço nas negociações, paralisação da produção pode ser deflagrada na segunda-feira. A mobilização aconteceu um dia depois de nova rodada de negociações entre o sindicato e Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), que representa o grupo patronal do setor aeronáutico. 

O reajuste reivindicado pelos trabalhadores corresponde à inflação do período - de setembro de 2018 a agosto de 2019 - mais 3% de aumento real, além da renovação da convenção coletiva na íntegra. De acordo com o comunicado do sindicato, a Fiesp propôs aumento apenas pela inflação, de 3,28%. Ainda de acordo com a associação, a Embraer não concede aumento real há quatro anos.

Inicialmente, a proposta da Fiesp era de pagamento de um abono de R$ 2,5 mil sem reajuste, que foi rejeitada pelos trabalhadores. Nas quatro fábricas do Vale do Paraíba - três em São José dos Campos e uma em Taubaté -, a Embraer emprega cerca de 11 mil funcionários. A Fiesp teria ainda interesse em alterar dois pontos da convenção coletiva da categoria, segundo o sindicato dos metalúrgicos: a estabilidade no emprego para lesionados e a proibição da terceirização irrestrita nas fábricas.

A entidade sindical estima que existam cerca de mil trabalhadores lesionados nas unidades da Embraer em São José dos Campos. Os casos mais comuns são lesões no ombro e coluna e depressão, diz a nota. Além da Embraer, a Fiesp representa as fábricas Latecoere, em Jacareí, e Sonaca, Pesola, Alestis e Aernnova, em São José dos Campos. O sindicato afirma que, ao longo da semana, vai organizar assembleias em outras fábricas do setor. Procurada, a Embraer informou que as negociações salariais ocorrem no âmbito da Fiesp. 

Fatos e Notícias

Home Logo01
Home Logo02
Home Logo03
Home Logo04
Catho
Up Plan Logo 02