• WORKSHOP E-SOCIAL
  • Banner Reforma Tributária
  • Diretoria executiva propõe agenda de encontros presenciais com filiados e associados
  • app do sindeprestem
  • BOLETOS ON-LINE
  • 1º Fórum “O futuro do trabalho e o impacto das novas leis no Brasil”
  • Novidade na assessoria jurídica do Sindeprestem
  • CONCESSIONÁRIAS DE SERVIÇOS PÚBLICOS  PODEM TERCEIRIZAR MÃO DE OBRA
  • coffee news mudou para melhor
  • sindeprestem 2018
  • CONTRIBUIÇÃO PATRONAL 2018
  • FENASERHTT E SINDEPRESTEM comemoram mudança na cobrança de PIS e COFINS no Trabalho Temporário
  • Contratação de empresa de Trabalho Temporário gera crédito de PIS E COFINS - Posicionamento Receita Federal
  • REFORMA TRABALHISTA – LEI N. 13.467/17 - Com a Reforma Trabalhista em vigor, atenção para estas orientações
  • DECISÃO FAVORÁVEL : FENASERHTT CONSEGUE EXCLUSÃO DO ISS DA BASE DE CÁLCULO DE PIS/COFINS
  • 2910x450 Banner Bombeiro Civil Cartilha Sindeprestem
  • Sindeprestem Institucional

23/03/2018 | A testemunha na Justiça do Trabalho - TRT-2 esclarece dúvidas em canal no YouTube

Uma testemunha pode ser chamada a comparecer à audiência pela parte reclamante, reclamada ou pelo advogado, mas a o juiz também pode determinar a intimação. Essa e outras dúvidas do âmbito da Justiça do Trabalho estão sendo solucionadas, de modo bastante didático, pelo Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2) em um  canal no Youtube.

O juiz do trabalho Marco Antonio dos Santos, alerta para o compromisso da testemunha com a verdade. A reforma trabalhista estipulou o pagamento de multa por litigância de má fé e até crime de falso testemunho na justiça criminal. “O valor da litigância de má está expresso agora: superior a 1% até 10% do valor atualizado da causa”.



Fatos e Notícias

Home Logo01
Home Logo02
Home Logo03
Home Logo04
Catho
Up Plan Logo 02