• Banner Palavra Do Presidente 02
  • Fatos & Notícias
  • Palavra do presidente
  • BOLETOS ON-LINE
  • app do sindeprestem
  • coffee news mudou para melhor
  • sindeprestem 2018
  • CONTRIBUIÇÃO PATRONAL 2018

06/11/2018 | Palavra do presidente - Em defesa do nosso trabalho

A vitória de Jair Bolsonaro nas eleições deste ano pode significar uma era de prosperidade para o País, a partir do momento em que tomar posse em janeiro de 2019 e seus planos estiverem mais claros, uma vez que o ódio e a destemperança dominaram a campanha e as propostas ficaram em segundo plano ou sequer foram explicadas ao eleitor.

Para nós, empresários dos Serviços Especializados e do Trabalho Temporário, a expectativa é de dias melhores. As ameaças contra as leis recentemente aprovadas – como a da Terceirização e a reforma trabalhista – em tese foram afastadas no momento em que a maioria dos brasileiros, pelas urnas, encerrou o ciclo petista no Palácio do Planalto pelos próximos quatro anos pelo menos.

Sabemos que o presidente eleito Bolsonaro é a favor da livre iniciativa e, principalmente, contra as amarras que impedem o avanço do mercado de trabalho. Ao sinalizar para um ambiente de negócios mais favorável para as empresas, ele citou o exemplo dos Estados Unidos: lá, há leis de menos e empregos de mais. Aqui, há leis demais e empregos de menos. A seguir essa toada, bons ventos nos esperam.

O fato é que tudo passa pelo Congresso Nacional, como deve ser pelas normas democráticas. E lá continuarão ferrenhos inimigos do avanço da economia, que fazem do chavão “direitos trabalhistas” sua bandeira política, dispostos a barganhar qualquer acordo em troca de mudanças nas leis já aprovadas. Fora um número imenso de juízes trabalhistas, que continuam a desrespeitar as leis em nome de seu viés ideológico.

Todo cuidado é pouco. Precisamos manter as nossas conquistas e o novo governo não pode ceder em troca das mudanças que pretende propor, nem mesmo para aprovar a necessária reforma da Previdência. Nada foi mais repetido nesta campanha presidencial do que a frase atribuída ao terceiro presidente dos Estados Unidos, Thomas Jefferson: “O preço da liberdade é a eterna vigilância”.

Este é o nosso caso: temos de lutar pela liberdade de empreender, por mais conquistas para as empresas, de forma que abram suas portas para os trabalhadores com maior segurança jurídica. Temos de lutar pelo que já conquistamos, pela Lei da Terceirização e pela reforma trabalhista, pelo direito de participar de acordos e convenções coletivas de trabalho e por mais avanços no modelo econômico. Não podemos esquecer jamais as árduas batalhas que enfrentamos durante décadas para ver nosso setor reconhecido.

Os empresários não podem e não devem se dispersar, como se tudo já estivesse cristalizado, pois não está, num país em ebulição como o nosso.

Vamos manter a mobilização, nos unir em torno do sindicato e da nossa Federação nacional, representantes legais sempre prontos a defender os interesses dos setores de Prestação de Serviços e de Trabalho Temporário seja lá em que terreno ou em que governo for. 

Afinal, o lema deve ser o de avançar sempre; retroceder, jamais. 

 

Vander Morales

Presidente

 

Home Logo01
Home Logo02
Home Logo03
Home Logo04
Catho
Up Plan Logo 02