• Vander Morales representa Brasil em palestra no Uruguai
  • Wec50anos
  • 26 anos Novo
  • Palestra Explicativa sobre a Medida Provisória nº 783/2017
  • Câmara setorial
  • DOWNLOAD CARTILHA
  • DECISÃO FAVORÁVEL : FENASERHTT CONSEGUE EXCLUSÃO DO ISS DA BASE DE CÁLCULO DE PIS/COFINS
  • 2910x450 Banner Bombeiro Civil Cartilha Sindeprestem
  • Pl 4302 1998 Agora E Lei 13429 2017
  • Sindeprestem Institucional
  • Benefício Social Familiar
  • Conferência Internacional do Setor de Serviços Brasil-Portugal

14/06/2017 | Pesquisas indicam consumidor atento, mas venda melhor no Dia dos Namorados - Valor Econômico

As informações sobre o desempenho das vendas do Dia dos Namorados divergem, mas as pesquisas divulgadas por três birôs de crédito ontem indicam que a data foi melhor neste ano que em 2016.

De acordo com a Boa Vista SCPC, as vendas do comércio aumentaram 2,6% na data, ante o mesmo período do ano passado, quando diminuíram 5,8%. Foi a primeira elevação apurada pela empresa após dois anos de queda.

Já a Serasa Experian verificou queda de 0,3%, um desempenho que apesar de negativo foi melhor que o recuo de 9,5% registrado no ano passado - até agora o pior resultado da série iniciada em 2006.

O Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) informaram que as vendas parceladas do Dia dos Namorados caíram 9,6% neste ano, recuo forte, mas menos intenso que o de 15% registrado no ano passado. Desde 2014 as vendas na data registram resultado negativo. Naquele ano, o recuo foi de 8,6% e, em 2015, de 7,82%, segundo o SPC Brasil.

Para a Serasa, a alta taxa de desemprego e a reduzida confiança do consumidor na economia pesaram negativamente sobre as vendas dos Dia dos Namorados deste ano, embora o resultado tenha sido melhor do que no ano anterior.

A Boa Vista pondera que a queda dos juros, o uso de recursos do FGTS, entre outros fatores, colaboraram para que a data tivesse um resultado melhor neste ano.

Para o presidente da CNDL, Honório Pinheiro, o comprometimento da renda e a menor oferta de crédito forçou o brasileiro a comprar presentes à vista.

 

Coffee News

Home Logo01
Home Logo02
Home Logo03
Home Logo04
Catho
Up Plan Logo 02