• Banner eSocial - Fatos e Notícias
  • Evento Manaus
  • Banner Propostas
  • app do sindeprestem
  • BOLETOS ON-LINE
  • coffee news mudou para melhor
  • sindeprestem 2018
  • CONTRIBUIÇÃO PATRONAL 2018

16/07/2018 | Polícia Federal investiga invasão no Ministério do Trabalho - O GLobo

Ao menos duas salas foram invadidas no Ministério do Trabalho e o local foi isolado pela Polícia Federal (PF) para perícia. Os funcionários encontraram na manhã desta segunda-feira diversos documentos oficiais espalhados pelo chão na sobreloja do prédio onde funciona os setores de seguro-desemprego, big data ( central de comutadores da pasta) e a Secretaria de Políticas Públicas.

Segundo a assessoria de impresa do ministério, existem câmeras no local e as imagens já foram entregues à PF. Ainda não há informações sobre o que foi levado. Uma terceira sala também pode ter sido invadida.

A área foi isolada pela PF por volata das 10h. O ministério é alvo da Operação Registro Espúrio, que investiga fraudes na concessão de registros sindicais, e provocou a queda do ministro Helton Yomura no início do mês. De acordo com a Polícia Federal, Yomura agiria como "testa de ferro" dos interesses da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) e de seu pai, o ex-deputado Roberto Jefferson. Brasil foi impedida de assumir a pasta no início do ano, após a revelação de que fora processada por ex-funcionários na Justiça do Trabalho e que utilizava contas de uma outra funcionaria para realizar o pagamento de suas condenações.

O novo ministro do Trabalho, Caio Vieira de Mello, tomou posse na última quinta-feira e suspendeu todos os procedimentos de análise e as publicações relativas a processo de registro sindical na pasta pelo prazo de 90 dias. Ele disse que "se for necessário, será feita" uma limpa no ministério.

 

Coffee News

Home Logo01
Home Logo02
Home Logo03
Home Logo04
Catho
Up Plan Logo 02