• Banner eSocial - Fatos e Notícias
  • Evento Manaus
  • Banner Propostas
  • app do sindeprestem
  • BOLETOS ON-LINE
  • coffee news mudou para melhor
  • sindeprestem 2018
  • CONTRIBUIÇÃO PATRONAL 2018
  • Palavra do presidente

25/05/2018 | Projeto da reoneração pode ter tramitação especial no Senado, diz Eunício - Folha de S.Paulo

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), afirmou nesta quinta-feira (24) que o projeto que trata da reoneração da folha de pagamentos pode ter tramitação em regime de urgência especial no Senado.

 

O texto, aprovado pela Câmara nesta quarta-feira (23), também zera o PIS/Cofins sobre o diesel até o final do ano. De acordo com o emedebista, o trâmite acelerado poderá ser dado se houver entendimento de todos os líderes partidários da Casa.

 

A solução seria uma forma de acelerar a votação da proposta, que está entre as condições estabelecidas pelos movimentos de caminhoneiros em greve para que a paralisação seja encerrada em todo o país.

 

O primeiro vice-presidente do Senado, Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), confirmou que uma sessão extraordinária do Senado será agendada para esta sexta-feira (25) "para votar o que for preciso dentro de um acordo com os caminhoneiros que seja conduzido pelo governo".

 

Na pauta do plenário do Senado, há seis medidas provisórias que trancam a pauta e precisam ser votadas antes da reoneração. Com o regime especial, Eunício sugeriu que esse obstáculo pode ser ultrapassado mais facilmente.

 

"Havendo necessidade da votação desse projeto em regime de urgência especial, eu vou buscar uma solução de votarmos as medidas provisórias em bloco para votarmos esse projeto que veio da Câmara", afirmou.

 

Apesar de afirmar que busca "um entendimento", Eunício disse ter sido surpreendido pela aprovação do projeto na Câmara. Ele afirmou que participou de reunião na tarde de ontem com o governo e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), na qual ficou definido a aprovação da reoneração com consequente corte na Cide, assim como nos termos iniciais do acordo fechado com o governo.

 

O presidente do Senado chegou a Brasília no início da noite para uma reunião com senadores. O encontro foi marcado para que os parlamentares buscassem uma solução para a crise dos combustíveis.

 

Eunício disse ainda que deve ir ao Palácio do Planalto, onde deve se reunir com caminhoneiros e, depois, com o presidente Michel Temer.

 

Coffee News

Home Logo01
Home Logo02
Home Logo03
Home Logo04
Catho
Up Plan Logo 02