• WORKSHOP E-SOCIAL
  • Diretoria executiva propõe agenda de encontros presenciais com filiados e associados
  • app do sindeprestem
  • BOLETOS ON-LINE
  • 1º Fórum “O futuro do trabalho e o impacto das novas leis no Brasil”
  • Novidade na assessoria jurídica do Sindeprestem
  • CONCESSIONÁRIAS DE SERVIÇOS PÚBLICOS  PODEM TERCEIRIZAR MÃO DE OBRA
  • coffee news mudou para melhor
  • sindeprestem 2018
  • CONTRIBUIÇÃO PATRONAL 2018
  • FENASERHTT E SINDEPRESTEM comemoram mudança na cobrança de PIS e COFINS no Trabalho Temporário
  • Contratação de empresa de Trabalho Temporário gera crédito de PIS E COFINS - Posicionamento Receita Federal
  • REFORMA TRABALHISTA – LEI N. 13.467/17 - Com a Reforma Trabalhista em vigor, atenção para estas orientações
  • DECISÃO FAVORÁVEL : FENASERHTT CONSEGUE EXCLUSÃO DO ISS DA BASE DE CÁLCULO DE PIS/COFINS
  • 2910x450 Banner Bombeiro Civil Cartilha Sindeprestem
  • Sindeprestem Institucional

28/03/2018 | Indústria têxtil quer recuperar 1 a cada 6 empregos perdidos na crise – O Estado de S.Paulo

Após fechar quase 130 mil vagas de emprego entre 2015 e 2016, a indústria têxtil terá em 2018 um ano para voltar a pensar em crescimento. A Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit) prevê que ao menos uma a cada seis vagas que fecharam possam ser retomadas com a abertura de até 20 mil postos este ano, os quais se somam às 3 mil vagas criadas em 2017. Entre janeiro e fevereiro, já foram quase 13 mil trabalhadores a mais

Cautela. A retomada das contratações no setor têxtil ocorre em um momento em que há capacidade instalada e a demanda dos consumidores começa a se recuperar. A pressão negativa para os fabricantes, no entanto, vem das importações, que no segmento de vestuário já cresceram 43% nos dois primeiros meses do ano, segundo a Abit.

 

Coffee News

Home Logo01
Home Logo02
Home Logo03
Home Logo04
Catho
Up Plan Logo 02