• WORKSHOP E-SOCIAL
  • Banner Reforma Tributária
  • Diretoria executiva propõe agenda de encontros presenciais com filiados e associados
  • app do sindeprestem
  • BOLETOS ON-LINE
  • 1º Fórum “O futuro do trabalho e o impacto das novas leis no Brasil”
  • Novidade na assessoria jurídica do Sindeprestem
  • CONCESSIONÁRIAS DE SERVIÇOS PÚBLICOS  PODEM TERCEIRIZAR MÃO DE OBRA
  • coffee news mudou para melhor
  • sindeprestem 2018
  • CONTRIBUIÇÃO PATRONAL 2018
  • FENASERHTT E SINDEPRESTEM comemoram mudança na cobrança de PIS e COFINS no Trabalho Temporário
  • Contratação de empresa de Trabalho Temporário gera crédito de PIS E COFINS - Posicionamento Receita Federal
  • REFORMA TRABALHISTA – LEI N. 13.467/17 - Com a Reforma Trabalhista em vigor, atenção para estas orientações
  • DECISÃO FAVORÁVEL : FENASERHTT CONSEGUE EXCLUSÃO DO ISS DA BASE DE CÁLCULO DE PIS/COFINS
  • 2910x450 Banner Bombeiro Civil Cartilha Sindeprestem
  • Sindeprestem Institucional

30/01/2018 | Mapa do emprego: demissões superaram contratações em 40% das cidades brasileiras - O Globo

Os municípios que mais destruíram vagas formais em 2017 foram o Rio (-55 mil) e São Paulo (-14,6 mil): confira o desempenho da sua cidade

POR DAIANE COSTA / DANIEL LIMA 

Em 2017, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho, 40% das cidades brasileiras ficaram no vermelho quando o assunto é emprego formal. Isso quer dizer que, em 2.244 dos 5.553 municípios, o número de demissões foi maior que o de admissões no ano que passou. Os municípios que mais demitiram foram o Rio (-55 mil vagas com carteira), São Paulo (-14,6 mil) e Porto Alegre (-9,6 mil).

Confira aqui qual foi o desempenho da cidade onde você mora.

No ano que passou, a taxa de desemprego no Brasil bateu recorde, chegando a 13,7% no primeiro trimestre do ano - hoje está em 12% -, quando considerados, além dos empregos com carteira, os postos informais, medidos pela PNAD do IBGE.

No entanto, o mercado formal de algumas cidades foram na contramão e conseguiram que a criação de vagas se sobrepusesse às demissões. É o caso de Joinville, em SC, Aparecida de Goiânia (GO) e Bebedouro (SP), que lideraram, nessa ordem, o ranking das cidades que mais geraram vagas com carteira de trabalho no ano que passou.

 

Coffee News

Home Logo01
Home Logo02
Home Logo03
Home Logo04
Catho
Up Plan Logo 02