• WORKSHOP E-SOCIAL
  • Sindeprestem participa de evento sobre Reforma Trabalhista no Uruguai
  • Diretoria executiva propõe agenda de encontros presenciais com filiados e associados
  • app do sindeprestem
  • BOLETOS ON-LINE
  • Trabalho Temporário é ferramenta importante contra o desemprego, afirma Vander Morales em fórum
  • 1º Fórum “O futuro do trabalho e o impacto das novas leis no Brasil”
  • No Sindeprestem, Lívio Giosa defendeu protagonismo empresarial e representatividade política do setor de Serviços
  • Novidade na assessoria jurídica do Sindeprestem
  • CONCESSIONÁRIAS DE SERVIÇOS PÚBLICOS  PODEM TERCEIRIZAR MÃO DE OBRA
  • coffee news mudou para melhor
  • sindeprestem 2018
  • CONTRIBUIÇÃO PATRONAL 2018
  • FENASERHTT E SINDEPRESTEM comemoram mudança na cobrança de PIS e COFINS no Trabalho Temporário
  • Contratação de empresa de Trabalho Temporário gera crédito de PIS E COFINS - Posicionamento Receita Federal
  • REFORMA TRABALHISTA – LEI N. 13.467/17 - Com a Reforma Trabalhista em vigor, atenção para estas orientações
  • DECISÃO FAVORÁVEL : FENASERHTT CONSEGUE EXCLUSÃO DO ISS DA BASE DE CÁLCULO DE PIS/COFINS
  • 2910x450 Banner Bombeiro Civil Cartilha Sindeprestem
  • Sindeprestem Institucional

24/01/2018 | Número de empresas inadimplentes sobe 11% em 2017 – Folha de S.Paulo

O total de empresas endividadas no país bateu novo recorde em dezembro, segundo o Serasa Experian. Foram 5,3 milhões de inadimplentes no mês, 10,8% a mais que o registrado no mesmo período de 2016.

 

O resultado ruim é influenciado pelo setor de serviços, que ainda está em recessão.

 

"Segmentos da indústria e do comércio têm crescido, mas a área de serviços ainda patina e representa mais da metade do total de negativadas", diz Luiz Rabi, economista do birô de crédito.

 

Cerca de 93% dos negócios com o nome sujo na praça são micro e pequenas empresas, aponta o levantamento.

 

Apesar do crescimento do indicador, há desaceleração no ritmo da alta e o Serasa estima uma estabilização ainda neste ano.

 

"O número aumentou abaixo da média de 0,9% em novembro [0,6%] e dezembro [0,7%]. Se o fluxo de caixa das companhias mais afetadas pela crise melhorar como previsto, o índice deverá parar de subir no segundo semestre."

 

O valor total de dívidas também cresceu: somava R$ 122,9 bilhões em dezembro, montante 10,1% maior que o do mesmo mês de 2016.

 

Coffee News

Home Logo01
Home Logo02
Home Logo03
Home Logo04
Catho
Up Plan Logo 02