• WORKSHOP E-SOCIAL
  • Sindeprestem participa de evento sobre Reforma Trabalhista no Uruguai
  • Diretoria executiva propõe agenda de encontros presenciais com filiados e associados
  • app do sindeprestem
  • BOLETOS ON-LINE
  • Trabalho Temporário é ferramenta importante contra o desemprego, afirma Vander Morales em fórum
  • 1º Fórum “O futuro do trabalho e o impacto das novas leis no Brasil”
  • No Sindeprestem, Lívio Giosa defendeu protagonismo empresarial e representatividade política do setor de Serviços
  • Novidade na assessoria jurídica do Sindeprestem
  • CONCESSIONÁRIAS DE SERVIÇOS PÚBLICOS  PODEM TERCEIRIZAR MÃO DE OBRA
  • coffee news mudou para melhor
  • sindeprestem 2018
  • CONTRIBUIÇÃO PATRONAL 2018
  • FENASERHTT E SINDEPRESTEM comemoram mudança na cobrança de PIS e COFINS no Trabalho Temporário
  • Contratação de empresa de Trabalho Temporário gera crédito de PIS E COFINS - Posicionamento Receita Federal
  • REFORMA TRABALHISTA – LEI N. 13.467/17 - Com a Reforma Trabalhista em vigor, atenção para estas orientações
  • DECISÃO FAVORÁVEL : FENASERHTT CONSEGUE EXCLUSÃO DO ISS DA BASE DE CÁLCULO DE PIS/COFINS
  • 2910x450 Banner Bombeiro Civil Cartilha Sindeprestem
  • Sindeprestem Institucional

23/01/2018 | Brasil fecha 328 mil vagas de emprego em dezembro e encerra 2017 negativo – Folha de S.Paulo

O Brasil encerrou 2017 com mais demissões do que contratações, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) que serão divulgados pelo governo nos próximos dias.

 

Em dezembro, o saldo de emprego formal ficou negativo em 328.539 vagas. 

Com o fechamento desses postos de trabalho, o ano de 2017 acumula um resultado negativo de 28 mil vagas, de acordo com relatório produzido pelo Ministério do Trabalho. De janeiro a novembro, o Caged acumulava um saldo positivo de 299.635, segundo dados ajustados.

Apesar do resultado negativo, o saldo do ano passado é melhor que o registrado em 2015 (fechamento de 1,5 milhão de vagas ) e em 2016 (encerramento de 1,3 milhão de postos de emprego).

O governo Temer considera que os números sinalizam uma recuperação "significativa" do emprego em comparação com anos anteriores, nas palavras de um auxiliar do presidente.

Assessores de Temer argumentam que os dados de dezembro, embora negativos, são os melhores desde 2012 e que o resultado de 2017 revela uma retomada após dois anos seguidos em que foram fechadas mais de 1 milhão de vagas.

O resultado negativo, contudo, frustra a expectativa do governo de divulgar o aumento de vagas de trabalho formal no mesmo ano em que a reforma trabalhista entrou em vigor.

Desde a saída do ex-ministro Ronaldo Nogueira no fim de 2017, o Ministério do Trabalho está sem titular. Temer chegou a nomear a deputada Cristiane Brasi (PTB-RJ), mas a posse dela foi suspensa por decisões judiciais.

Em dezembro, Nogueira havia informado que a expectativa era de que o resultado acumulado em 2017 ficasse próximo a zero.

"Espero que não tenhamos saldo negativo no somatório do fechamento do ano. Deve haver uma estabilidade", disse Ronaldo Nogueira, horas antes de deixar o cargo.

 

Coffee News

Home Logo01
Home Logo02
Home Logo03
Home Logo04
Catho
Up Plan Logo 02