• SINDEPRESTEM e FENASERHTT recebem amigos e parceiros em Almoço de Confraternização
  • FENASERHTT E SINDEPRESTEM comemoram mudança na cobrança de PIS e COFINS no Trabalho Temporário
  • Contratação de empresa de Trabalho Temporário gera crédito de PIS E COFINS - Posicionamento Receita Federal
  • REFORMA TRABALHISTA – LEI N. 13.467/17 - Com a Reforma Trabalhista em vigor, atenção para estas orientações
  • Jornal Fenaserhtt
  • Sindeprestem patrocina 37º FÓRUM GERH
  • BRASIL RETOMA POTENCIAL DE INVESTIMENTO COM NOVAS LEIS TRABALHISTAS
  • SETOR DE SERVIÇOS ALERTA CASA CIVIL E MINISTÉRIO DO TRABALHO  PARA INTERFERÊNCIAS NA REFORMA TRABALHISTA
  • FENASERHTT diz ser contra MP da Reforma Trabalhista em Audiência com Ministro Ronaldo Nogueira
  • comunicado_vander
  • fórum cebrasse
  • Wec50anos
  • DECISÃO FAVORÁVEL : FENASERHTT CONSEGUE EXCLUSÃO DO ISS DA BASE DE CÁLCULO DE PIS/COFINS
  • 2910x450 Banner Bombeiro Civil Cartilha Sindeprestem
  • Sindeprestem Institucional
  • Benefício Social Familiar
  • 26anos Novo

06/09/2017 | Sindicalistas pedirão a Temer derrubada da TLP, menos juros e mais crédito – Poder 360

O presidente Michel Temer (PMDB) receberá na próxima 3ª feira (12.set.2017) representantes sindicais patronais e dos trabalhadores no Palácio do Planalto. A pauta será a criação de empregos e a retomada do crescimento. Entre as reivindicações dos sindicalistas estão a derrubada da TLP, uma queda mais rápida da taxa de juros e uma versão mais “equilibrada” do Refis.

 

Representantes de 5 das 6 maiores centrais sindicais estiveram na 2ª feira (4.set) na sede da Fiesp, em São Paulo. Discutiram com líderes patronais uma pauta para a negociação com o governo. Elaboraram 1 esboço nessa reunião.

O documento traz uma lista de 12 itens com reivindicações dos sindicalistas e empresários.

 

derrubada da TLP e mais crédito via BNDES;

mais crédito de bancos públicos federais para micro e pequenas empresas;

linha de crédito a custo zero para MEIs;

crédito a pessoas físicas para incentivar o consumo;

aceleração da queda da taxa Selic;

retomada de obras públicas paralisadas;

aumentar as parcelas para acesso ao seguro-desemprego;

mais medidas de desburocratização;

refis “equilibrado”;

cumprimento de normas de conteúdo local de petróleo e gás;

renovação da frota;

geração de empregos.

Na reunião de 3ª, estarão presentes 60 representantes dos empresários e 60 dos trabalhadores. Eles ainda discutem quem falará de cada 1 dos lados no encontro com Michel Temer.

 

Além da pauta oficial, sindicalistas também farão 1 pedido ao presidente sobre a medida provisória que altera pontos da reforma trabalhista. Pedirão para Temer editar uma MP que regulamente a contribuição assistencial, uma nova forma de financiamento, o quanto antes.

 

A contribuição assistencial não teria 1 valor fixo. Seria definida por cada categoria em convenções coletivas dos sindicatos. O que for decidido nessas reuniões será aplicado para toda a categoria.

 

Os sindicalistas dizem que negociações coletivas das principais categorias acontecem de setembro a dezembro. Seria a oportunidade para estabelecerem 1 valor para a contribuição assistencial.

Coffee News

Home Logo01
Home Logo02
Home Logo03
Home Logo04
Catho
Up Plan Logo 02